Quer me mandar uma mensagem? | contato@www.educadordesucesso.com.br

Limites

Limites

Para falar sobre a importância dos limites para as crianças, lembrei-me da história de um fazendeiro, dono de uma grande extensão de terra. Ele tinha um filho de pouca idade que brincava correndo por todo o espaço da fazenda. Todos os dias ele corria até a cerca a qual fazia divisa com a fazenda do vizinho e voltava para casa. Os seus pais ficavam tranquilos, pois sabiam onde o filho estava, o que fazia e que estava em segurança.

Certo dia os empregados de seu pai retiraram as cercas de toda a fazenda para realizar reparos e isto durou alguns dias. Quando a criança foi brincar, como fazia costumeiramente, não percebeu a ausência da cerca, e foi correndo até que olhando para os lados não sabia mais onde estava, pois era tudo estranho para ele.

A criança havia se perdido em meio a plantação da fazenda do vizinho. Neste momento ela sentiu muito medo do desconhecido e começou a chorar chamando pelo pai. Foi quando seu pai, juntamente com o vizinho, a encontrou e pai e filho foram juntos para casa.

Aquela cerca trazia liberdade para a criança, pois ela podia ir e vir sem se preocupar com o trajeto enquanto que com a ausência da referida cerca, após o ocorrido, a criança teria ficado com medo e se sentindo insegura sem saber até onde poderia ir sem se perder, uma vez que estaria sem parâmetros para  nortear aquela ação.

Considerando a pouca idade da criança, seus pais tinham que decidir por ela e esta atitude permaneceria  até o ponto em que ela tivesse maturidade suficiente para decidir por si.

No contexto da história, a cerca representava  os limites para aquela criança, trazendo além de  liberdade , segurança para que pudesse agir sem medo.

 

By | 2013-08-20T12:34:44+00:00 agosto 20th, 2013|Ilustrações|1 Comment

About the Author:

Educadora graduada em Pedagogia e Serviço Social e pós-graduada em Educação Infantil com larga experiência na área de educação em seus vários ramos.

One Comment

  1. Danielle 20 de agosto de 2013 at 19:42 - Reply

    Bonita a história 🙂 Gostei. Bjos!

Leave A Comment